Dispositivo de ereção por vácuo para tratamento da disfunção de ereção

O dispositivo de ereção por vácuo é um aparelho cujo método de funcionamento se baseia no princípio de bomba de vácuo e se destina para tratamento da disfunção de ereção, ajudando na estimulação e manutenção da ereção, alongando a atração sexual e ato de sexo.

Estrutura de bomba de vácuo

Vamos analisar a estrutura do referido dispositivo. O mesmo é composto por 2 partes: cilindro de vácuo e anel com consolidação. Ambas partes se colocam na cabeça do pénis. O anel – cuja função é ativação da atividade muscular do órgão sexual, transmissão de sinais nervosos ao mesmo – é colocado na cabeça do pénis.  O funcionamento do cilindro e da bomba é feito à base do principio de vácuo, tendo estimulado o pénis. Desta forma, o mesmo é obrigado de se excitar de forma artificial. O anel, a volta do órgão sexual, garante a manutenção da excitação sexual durante mais tempo. Assim, a bomba estimula a excitação do órgão sexual, quando o anel de retenção se mantem a mesma.

Princípio de funcionamento

Para ativar o referido dispositivo é necessário fazer o seguinte:

  • introduzir o órgão sexual ao orifício do cilindro a fim de incorporar o seu órgão sexual à bomba de vácuo.
  • extrair o ar do cilindro criando o vácuo. Esse movimento provocará afluxo sanguíneo ao órgão sexual, estimulará atividade de sinais nervosos e funcionamento do pénis. Em resultado dessa movimentação o pénis aumentará em dimensão e volume, chegando à ereção.
  • depois de estimulação do órgão sexual mover o anel à base do órgão sexual.
  • retirar a bomba do órgão sexual.

Durante o ato sexual mantenha o anel no pénis, que ajudará a prolongar a ereção, preservando a excitação sexual mais tempo. Para assegurar a maior eficiência o anel pode estar no pénis até 30 minutos.

Segundo os dados estatísticos, entre 53 a 82% dos homens, que experimentaram esse dispositivo ficaram satisfeitos com resultados de uso e sua eficiência em alcançar o resultado desejado.

Quais são as circunstâncias para uso de bomba de vácuo

Esse dispositivo é apto para homens que estão a sofrer da disfunção de ereção. Além disso, essas bombas devem ser usadas quando a impotência é provocada por:

  • problemas devido ao afluxo sanguíneo ao órgão sexual;
  • alguma intervenção cirúrgica (especialmente durante o tratamento do cancro de próstata ou intestino grosso);
  • diabetes militus;
  • problemas psicológicas-emocionais: estresse, depressão, apatia;

Além disso, deve ter em consideração que os referidos dispositivos estão contraindicados com problemas congénitos do sistema cardiovascular, especialmente com coagulação ou predisposição ao priapismo, uma doença que provoca ereção duradora e doentinha. Salvo esses problemas de saúde os médicos aconselham de não usar a pompa por homens com leucemia, anemia ou outras doenças do sistema sanguíneo.

Efeitos secundários

A natureza da estimulação natural é muito diferente da excitação sexual e atividade de ereção, motivados por uso da bomba de vácuo. Os efeitos secundários provocados devido au uso da bomba de vácuo, cujo princípio de funcionamento concerne na estimulação do afluxo sanguíneo ao pénis, são as hematomas e edemas no órgão sexual masculino. Além disso, é provável a redução da força de ejaculação do esperma devido à pressão produzida por anel no órgão sexual e trava o avanço do esperma no momento de orgasmo. Contudo, há de sublinhar, que uso desse aparelho é seguro e não provoca sensações desagradáveis ou dolorosas, sem influenciar de forma alguma o orgasmo e prazer sexual.

Preço da bomba de vácuo

Os preços de referidos dispositivos são diversos de 280$ a 550$. O preço, em primeiro lugar, depende do modelo e do fabricante do dispositivo. A medicina moderna oferece bombas manuais e automáticas. As bombas automáticas são mais caras, mas seu funcionamento é mais rápido e eficiente. Com desenvolvimento de tecnologias modernas, as bombas manuais tem menor uso, apesar de ser mais acessíveis e mais simples em uso.

Seguro para compra de bomba de vácuo

80% de seguros médicos cobrem parcialmente as despesas relativas à compra do dispositivo em causa, desde que a compra é confirmada pela respetiva recomendação médica. Apesar disso, a compra de bombas de vácuo não está regularizada em nível legal no âmbito de seguros médicos.

You May Also Like

Impotência: Como preveni-la

Sexo e saúde emocional: será que há ligação

O que é Sildenafil?

Disfunção erétil: como ocorre uma ereção