Frutos secos: benefícios e desvantagens

Um produto tão amplo e importante para o corpo humano como os frutos secos é muitas vezes deixado sem a devida atenção. Quais frutos secos geralmente formam a nossa dieta? Nozes, amendoim, pistácios? Na verdade, há muito mais frutos secos que fazem bem. Cada um deles é único na sua composição. Os benefícios e desvantagens dos frutos secos, provavelmente, não são amplamente conhecidos, mas falaremos sobre eles.

Fruto secos: benefícios e desvantagens em poucas palavras

Nós gostamos de frutos secos pelo seu sabor rico e natural. Raramente pensamos nos benefícios que um punhado de frutos secos trará ao nosso corpo.

Antes de mais, é um produto rico em substâncias biológicas. É um ótimo lanche – cheio e nutritivo. Além disso, os frutos secos podem ser uma adição a diferentes pratos, e são usados na medicina tradicional. Cada tipo de frutos secos tem uma composição única, que será descrita mais abaixo. Mas todos eles são uma fonte de quase toda a gama de vitaminas (especialmente E), bem como de ferro, fósforo, potássio, cálcio e magnésio. Os frutos secos contêm uma abundância de ácidos gordos polinsaturados de omega-3, a razão pela qual durante muitos anos foram considerados um produto não benéfico, por causa dos ácidos gordos. Mas tarde foi provado que precisamente este tipo de ácidos gordos é essencial para o corpo, por exemplo, para uma excelente função cerebral ou para a prevenção de doenças cardíacas. O omega-3 reduz o nível de colesterol nocivo no sangue e rejuvenesce o corpo. Como não há muitos produtos onde o ômega-3 é encontrado em quantidades tangíveis (frutos secos e sementes, óleos vegetais naturais e peixes do mar), não deve esquecer dos frutos secos como um componente da dieta diária.

Os benefícios e as desvantagens dos frutos secos devem ser medidos adequadamente. O resultado é que a desvantagem consiste apenas na intolerância individual de algumas variedades de frutos secos. E os benefícios podem ser listados por um tempo muito longo:

  • redução da pressão arterial e normalização do fluxo sanguíneo devido à expansão dos vasos sanguíneos;
  • conversão de hidratos de carbono e gorduras em energia produzida pelo corpo (devido ao alto teor de magnésio);
  • normalização do peso corporal;
  • melhora o sistema cardiovascular, neutraliza o colesterol prejudicial, previne os ataques cardíacos, aterosclerose e angina peitoral;
  • redução dos níveis de glicose no sangue;
  • melhoria da saúde das mulheres durante a menopausa;
  • destruição dos radicais livres e a prevenção do envelhecimento prematuro;
  • beleza e saúde da pele, unhas e cabelos (devido ao alto teor de vitamina E);
  • recuperação das forças após uma doença ou por causa de stresse;
  • fortalecimento da imunidade;
  • melhoria da função cerebral;
  • normalização da função sexual;
  • prevenção do cancro.

Saiba mais sobre as variedades mais populares

Cada variedade de frutos secos tem um grande suprimento de nutrientes, vitaminas e minerais. Vamos falar sobre os frutos secos mais populares nos nossos mercados.

Amêndoas

Antes de mais, é uma fonte de fibra, vitamina E e arginina. Bem como uma grande variedade de vitaminas e micronutrientes.

Dentro dos seus benefícios há:

  • purificação do sangue,
  • limpeza do ducto biliar e fígado,
  • efeito colerético,
  • remoção da areia dos rins,
  • redução do açúcar no sangue (apropriado em case de diabetes),
  • ajuda a perder peso,
  • aumenta a concentração e melhora a memória,
  • reduz a irritabilidade nervosa,
  • é apropriado em caso de distúrbios do sono,
  • potência sexual melhorada.

Amendoins

Fonte de vitaminas B1 e B2, C, bem como de potássio, cálcio, magnésio, ferro, sódio, fósforo.

Os benefícios destes frutos secos consistem em que eles:

  • aumentam a coagulação sanguínea,
  • ajudam a lidar com doenças cardiovasculares,
  • fortalecem as propriedades protetoras do corpo,
  • previnem a degeneração maligna de células,
  • previnem o envelhecimento prematuro.

Avelãs

É uma fonte, em primeiro lugar, de vitaminas E e B6, bem como de gorduras “anti-colesterol”, sais de cobre, zinco, magnésio, potássio, cobalto. Possuem 15-20% de proteína.

Esta composição de avelãs torna-as benéficas para:

  • prevenção de doenças cardiovasculares,
  • ativação das propriedades imunológicas do organismo,
  • acalmar os nervos e resistir ao stresse,
  • aumentar a potência sexual,
  • tratamento de varizes e outras doenças capilares

Pistácios

São valiosos por conter fitoesterol que é uma hormona de origem vegetal e vitaminas E e B6, cobre, manganês e fósforo.

O seu consumo recomenda-se principalmente em casos de:

  • doenças da próstata,
  • potência sexual enfraquecida nos homens e falta de libido nas mulheres,
  • taquicardias,
  • doenças pulmonares e tuberculose,
  • cólica hepática e obstrução do ducto biliar

Entre todas os frutos secos, distinguem-se pela sua função alérgica, é preciso ter cuidado no seu consumo.

Caju

Em primeiro lugar, é uma fonte de ferro com uma quantidade relativamente pequena de gordura e calorias. Contém uma gama completa de vitaminas do complexo B, cálcio, potássio, sódio, zinco, manganês e selênio.

Os benefícios dos cajus revelam-se:

  • em caso de anemia,
  • durante a gravidez,
  • durante a menstruação abundante em mulheres,
  • em caso de doenças dos dentes e da cavidade oral,
  • em caso de doenças cardiovasculares,
  • na redução do colesterol no sangue,
  • nas propriedades anti-inflamatórias e antibacterianas.

Castanha do Brasil

É a fonte mais generosa de selênio entre todos os frutos secos. Além do selênio, zinco, potássio, cálcio e ferro podem ser extraídos da castanha do Brasil.

Entre as qualidades benéficas:

  • um poderoso antioxidante,
  • livra o corpo de produtos de decomposição, toxinas e micróbios,
  • tem propriedades anticancerígenas,
  • previne o envelhecimento prematuro do corpo,
  • normaliza os níveis de açúcar no sangue,
  • melhora o humor e fornece uma explosão de energia devido à hormona de alegria – serotonina.

Não é necessário comer muitas castanhas do Brasil. Os seus benefícios serão revelados após 3-4 unidades comidas por dia. Além disso, a castanha do Brasil é um alérgeno forte. Também pode conter rádio. É seguro comer algumas castanhas por dia, mas é melhor não arriscar ao comer mais que isso.

Miolo de pinhão

Difere pela sua composição mineral: fósforo, iodo, manganês, cobalto, zinco. E, claro, as vitaminas B e E.

Os benefícios do miolo de pinhão são os seguintes:

  • efeito fortificante no geral,
  • normalização da função do sistema nervoso e circulatório,
  • melhorias nas doenças renais e da bexiga,
  • fazem muito bem às crianças e mulheres grávidas,
  • são benéficos em condições alérgicas e de imunodeficiência.

Nozes

Uma fonte de cálcio, magnésio, potássio, cobalto, fósforo, ferro, iodo, zinco, provitamina A, vitaminas E, K e vitaminas do grupo B.

As nozes são necessárias para o organismo:

  • em caso de doenças cardíacas e de vasos cerebrais,
  • em caso de doenças do fígado e rins,
  • em caso de doenças do sistema musculosquelético,
  • em caso de doenças da glândula tiroide,
  • para melhorar a memória,
  • para normalizar o funcionamento do sistema nervoso.

Como consumir corretamente os frutos secos?

Parece que o que poderia ser mais fácil do que enfiar um punhado dos frutos secos atrás das duas bochechas. E se acompanhar a cerveja com pistácios? E se comer amendoim tão crocante? E se a aveleira deu tantos frutos este ano, podemos comê-los em excesso? Existem vários erros típicos no consumo de frutos secos, sobre os quais vamos avertê-lo nesta parte do artigo.

Se disser em poucas palavras, os benefícios e as desvantagens dos frutos secos, embora não mensuráveis em escala, estão na quantidade e na qualidade do alimento ingerido. Torrados ou crus? Salgados? Com quais produtos podemos combiná-los e em que quantidade?

  • Torrados é que não – durante a torrefação, o prazo de validade dos frutos secos aumenta, mas a quantidade de propriedades úteis diminui. Aprecie o sabor natural dos frutos secos não torrados, são mais fáceis de encontrar no mercado do que no supermercado.
  • Não mais que um punhado por dia – os frutos secos são muito nutritivos e não são facilmente digeridos no estômago. Além disso, podem provocar alergias, assim como um desconforto e peso no estômago. Os benefícios e as desvantagens dos frutos secos “andam de mãos dadas”, não ultrapasse o limite. A dose diária de nutrientes já está num punhado de nozes, bem, no máximo em dois!
  • Uma combinação ideal dos frutos secos é com as frutas passas, vegetais e verduras frescas, assim como bananas, maçãs e peras. Não combine os frutos secos com outros alimentos pesados, também não é a melhor solução de adicionar os frutos secos às papas de aveia ao pequeno- almoço.
  • Consumir os frutos secos ao pequeno-almoço é muito pesado, mas comê-los ao lanche – está perfeito. Em geral, é melhor comer frutos secos numa salada de legumes para o almoço – assim não irá carregar o seu corpo pela manhã e não o fará trabalhar muito à tarde. Se escolher uma sobremesa com frutos secos, deve ser precedida por uma salada leve de legumes e não por um almoço pesado.
  • É importante mastigar bem os frutos secos e dar preferência a uma quantidade moderada deste produto pela manhã ou pelo menos até às 16 horas.

You May Also Like

Os benefícios do arroz

Sobre os benefícios da vitamina C

Existe alguma diferença entre a comida quente e fria?

Topinambo: benefícios e desvantagens