Impotência: primeiros passos no combate com diagnóstico

O seu médico diagnostico-lhe impotência? Mais de 85% dos homens, quando recebem essa noticia, aceitam-na como uma sentença sem possibilidade de recurso. Na realidade, esse diagnostico soa muito desfavorável, mas há de sublinhar, que isso não é o fim da vida sexual. Na maioria dos casos os urologistas propõem aos seus pacientes o tratamento de disfunção de ereção por via de “Viagra” ou outros medicamentos que melhoram excitação sexual.

Entretanto: há de lembrar que o diagnóstico da impotência não é único, apesar de ser um dos mais comuns na urologia. No século ХХІ mais de 35% dos homens com idade acima de 30 anos tem a referida disfunção.

A sua parceira também sofre devido ao seu problema por isso é necessário procurar em conjunto uma solução para essa disfunção e selecionar um método de tratamento, sendo que a resposta deve satisfazer ambas partes.

O que pode ajudar?

A ereção começa no celebro. Pois, propriamente o celebro, quando recebe um sinal de excitação sexual, através dos canais nervosos transmite a reação em cadeia. Respondendo a referida reação, os músculos, que em estado normal estão a assegurar as paredes de veias sanguíneas, se afrouxam, permitindo afluxo sanguíneo ao pénis. Mas, quando durante o processo acontece algo estranho, a cadeia de sinais se perturba ou resposta de alguns canais é débil, criam-se condições para desenvolvimento da disfunção de ereção.

  • Caso sofre de impotência o referido problema pode ser resolvido com ajuda de tais medicamentos como Viagra, Sialis ou Levitra. Os referidos medicamentos não contribuem à ereção, criando somente as condições para a ter. Apesar disso, os médicos-urologistas, avisam que você e seu parceiro terão de se adaptar à administração desses medicamentos, aprender opções de reação do seu organismo ao medicamento. Os referidos medicamentos é dos mais usados para tratamento de disfunções em causa. Tal como outros medicamentos, há contraindicações para sua administração. Antes de iniciar seu tratamento com um de esses medicamentos consulta o seu médico a fim de prevenir alguma reação individual.
  • Mais um método para conseguir a excitação é injeção. Um medicamento para provocar ereção é administrado diretamente no pénis por via de injeção. Na opinião de urologistas esse método é bastante eficiente e ajuda atingir satisfação sexual, mas, uma ideia de fazer injeção no pénis é improvável para vários homens.
  • Um dos dispositivos mais simples que é capaz de colocar o órgão sexual em estado de excitação é a bomba de vácuo. Há modelos automáticos ou manuais, que reforçam o afluxo sanguíneo ao pénis. O anel, que se localiza no pénis, permite manter a ereção durante mais tempo.
  • Há homens que para resolução de problema preferem operações de prótese de falos. Entre vários tipos de prótese de falos mais simples e procurado é a prótese de falos de plástico. O mesmo é flexível e móvel, que em estado de sossego pode descer para baixo. Também, há homens que preferem prótese de falos enchidos de líquido que funcionam à base do principio de estimulação do pénis para conseguir ereção.

Sexualidade

 consulta do médico

Tal como referimos, a excitação de ereção depende diretamente do sinal recebido por nosso celebro, tal como dos sinais nervosos e estado psicológico-emocional. Frequentemente os homens, sujeitos ao estresse, apatia, depressão estão a sofrer de problemas com ereção. O tratamento da referida disfunção é apenas primeiro passo para conseguir vida sexual normal. Você e sua parceira estão prestes de descobrir o novo mundo de experiências eróticas. Lembra que um ato sexual, em primeiro lugar, é uma forma de comunicação.

You May Also Like

Impotência: Como preveni-la

Sexo e saúde emocional: será que há ligação

O que é Sildenafil?

Disfunção erétil: como ocorre uma ereção